Os Desafios das Cidades no Século 21 – Seminário

O seminário Os Desafios das Cidades no Século 21, que será realizado nos dias 19 e 20 de maio, no Teatro Juarez Machado, em Joinville, reunirá nove palestrantes, entre advogados, arquitetos e urbanistas, para relatar suas experiências a fim de contribuir com uma reflexão sobre as alternativas técnicas de gestão voltadas para o planejamento, urbanismo, sustentabilidade e meio ambiente.

A Fundação Ippuj espera reunir 300 participantes, entre secretários de Planejamento e Urbanismo, presidentes dos Institutos de Pesquisa e Planejamento Urbano, arquitetos, engenheiros, gestores das prefeituras municipais e estudantes de arquitetura e engenharia. Para participar, os interessados devem preencher a ficha de inscrição, disponível no site www.ippuj.sc.gov.br, até o dia 13 de maio. As vagas são limitadas e a inscrição é gratuita, com direito a um certificado do seminário.

Para fazer sua inscrição e acessar mais informações, clique aqui.

Programação:

19 de maio de 2011 (quinta-feira)

18 horas
Recepção e credenciamento

19 horas
Abertura
Fundação Ippuj, Roberta Noroschny Schiessl
Prefeito de Joinville, Carlito Merss
Primeiro presidente do Ippuj, Ariel Pizzolatti

19h15
Palestra 1 – Prof. Dr. Álvaro Bravo (Sevilha) – Urbanismo, meio ambiente e cidades na União Européia

20 horas
Palestra 2 – Prof. Dr. Toshio Mukai – A regularização fundiária no Estatuto da Cidade e na Lei Minha Casa, Minha Vida

20h30
Debates – espaço para questionamentos aos palestrantes

 

20 de maio de 2011 (sexta-feira)

Manhã

8h15
Abertura

8h30
Diretor de Planejamento Urbano da Secretaria Nacional de Programas Urbanos (Ministério das Cidades) – Daniel Todtmann Montandon – Perspectivas para o planejamento urbano após dez anos de Estatuto da Cidade

9h15
Arquiteta Regina Nabhan – A produção do espaço urbano e a função social da cidade de Londrina

10 horas
Engenheiro Civil Alair Godoy – A Experiência da Cidade com Implementação do Plano Diretor Participativo

10h45
Arquiteta Betânia Alfonsin – Desafios para a efetividade da nova ordem jurídico-urbanística brasileira no Século XXI

11h30
Debates – espaço para perguntas aos palestrantes

12 horas
Encerramento para almoço

 

Tarde

14 horas
Arquiteto Ângelo Vieira de Arruda – Campo Grande, o PLANURB e o planejamento para o século XXI

14h45
Arquiteta Cláudia Siebert – Blumenau, os desafios do desenvolvimento urbano

15h30
Arquiteto Vladimir Tavares Constante – Arquiteto Vladimir Tavares Constante – Experiências do Planejamento Urbano de Joinville

16h15
Debates – espaço para perguntas aos palestrantes

17 horas
Encerramento

19h30
Coquetel do Ippuj 20 anos com homenagens a ex-presidentes da Fundação Ippuj

 

Conheça os palestrantes

Prof. Dr. Álvaro A. Sánchez Bravo

Doutor em Direito pela Universidad de Sevilla e secretário de Universidades e Investigacão da Comissão Executiva de FETE-UGT Sevilla. É profesor de Teoría de Direito, da Faculdade de Direito da Universidade de Sevilla, e professor de Política Criminal do Instituto Andaluz Interuniversitario de Criminología. É autor da obra La protección del derecho a la libertad informática en la Unión Europea.

 

Prof. Dr. Toshio Mukai

Doutor em Direito do Estado pela Universidade de São Paulo, é especialista em licitações e contratos e tem publicado inúmeros artigos e obras, entre elas, Direito Urbano e Ambiental, Concessões, Permissões e Privatizações de Serviços Públicos, O Estatuto da Cidade – anotações à Lei nº 10.257, de 10.07.2001, A empresa privada nas licitações públicas.

 

Daniel Todtmann Montandom

Arquiteto e mestre em Planejamento Urbano e Regional pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo FAUUSP. Tem aperfeiçoamento profissional em instrumentos urbanísticos de desenvolvimento urbano em Tóquio, Japão, pela Agência de Cooperação Internacional do Japão JICA. Atualmente atua como Gerente de Projetos do Departamento de Planejamento Urbano da Secretaria Nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades.

 

Ângelo Marcos Vieira de Arruda

É graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco (1979), mestre em Arquitetura-PROPAR, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000), e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2010). É professor das disciplinas de Planejamento Urbano, Projeto de Urbanismo, Arquitetura em Mato Grosso do Sul e Ética, Legislação e Prática Profissional do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

 

Regina Célia dos Santos Nabhan

Arquiteta e Urbanista pela Unifil – Centro Universitário Filadelfia, na cidade de Londrina, é diretora presidente do IPPUL desde junho de 2010. É pós-graduada, com MBA em Gestão Estratégica Empresarial, com a monografia A Efetividade do Planejamento em Canteiros de Obras na Construção Civil. Desenvolve projetos residenciais e comerciais, sempre adaptando à melhor solução projetual.

 

Alair Roberto Godoy

Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da USP. Ingressou na prefeitura de Campinas em 1987, onde ocupou os cargos nas Secretarias de Transporte e de Planejamento. Atualmente, é secretário de Planejamento de Campinas, vice-presidente do CONGEAPA – Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental de Campinas, Presidente do CMDU – Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano, do Concidade – Conselho da Cidade e do Conselho Gestor da Operação Urbana Parque Linear do Rio Capivari.

 

Claudia A. F. Siebert

É arquitetura e urbanista pela Universidade Federal do Paraná (1983), mestre em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999) e doutora em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2006). Atualmente, é sócia-diretora da empresa Siebert Arquitetos Associados e professora titular em regime de Tempo Integral da Universidade Regional de Blumenau. Também é autora da obra Estruturação e desenvolvimento da rede urbana do vale do Itajaí (1996).

 

Betânia de Moraes Alfonsin

Graduada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1990), mestre em Planejamento Urbano e Regional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000) e doutora em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (IPPUR) da UFRJ (2008). Atualmente, é professora da PUC-RS, vinculada ao Departamento de Direito Público e da Fundação Escola Superior do Ministério Público do RS,.

 

Vladimir Tavares Constante

É arquiteto e urbanista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), especialista em Desenvolvimento Urbano e Gestão Ambiental e mestre em Infraestrutura e Gerência Viária pela Universidade Federal de Santa Catarina. É funcionário de carreira da Fundação Ippuj e, atualmente, é diretor executivo.

Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *